deuruim

Deu Ruim

Sério que a DC alguma vez na vida c@g*a? Ah vá…

Agora falando sério, sabe aquela ideia que faltou alguém pra te falar que não era uma ideia tão boa assim? Então… agora vc vê algumas das ideias que deveriam ter ficado no papel.

A de hj é sobre o Shazam! (Ou Capitão Marvel, vai saber).

deuporhjIsso mesmo q vc viu, não foi uma boa ideia, deu ruim essa história toda.

Pra entender pq não deu tão certo assim vamos entender algumas coisas:

1 – Começo da história: Nascido na Fawcett Comics nos EUA e criado em 1939 por Bill Parker e desenhado por C. C. Beck, teve sua primeira aparição na revista Whiz Comics #2, lançada nos EUA em fevereiro de 1940, durante a era de ouro dos quadrinhos, pra quem não sabe, foi uma época onde heróis nasceram com o ideal de levantar a moral dos leitores que, por causa da economia ou pela guerra, estavam em baixa, heróis sorridentes e histórias que sempre envolviam crianças, animais e lições de moral, esse é o pano de fundo do Capitão Marvel, assim criado.

Sua criação inicial previa que ele fosse uma “cópia” da aparência física do Superman da DC Comics, com ligeiras variações em seus poderes, talvez o suficiente para evitar um processo de plágio.whiz-comics-n02

Mas ficou um pouco difícil, a aparência física dele era a do Superman “cuspido e escarrado”.

Não houve muita mudança entre a sua origem criada em 1940 e hj, o Capitão Marvel é o alter ego de Billy Batson, um jovem que trabalha como repórter de rádio e foi escolhido, devido a sua bondade interior, para receber os poderes do Mago Shazam, a fim de preservar a justiça e a paz no Universo.

Sempre que Billy fala o nome “Shazam”, ele é atingido por um raio que o transforma em um super-herói adulto com poderes sobre-humanos (e vice-versa, uma vez que o personagem pode voltar a forma infantil da mesma forma). Os poderes do Capitão Marvel são vindos de seis lendas que lhe concedem tais características — sendo eles, Salomão (sabedoria), Hércules (vasta força física), Atlas (resistência, invulnerabilidade), Zeus (poderes mágicos), Aquiles (coragem) e Mercúrio (velocidade, capacidade de voo), SHAZAM é a junção das iniciais de cada um.

O problema tbm foi tentar gerenciar uma época consumista (não que hj seja diferente), ávida por mais e mais, então histórias sem pensar na consequência começaram a ser publicadas, cada vez mais batendo com ideais, conceitos e histórias do Superman, entre outros.

A Fawcett não pensou bem em alguns detalhes, porquê usar um nome como “Marvel” e se basear na aparência de um herói da DC? Receita para processos…

shazam-numero-12 – Mudança de editora: Em 1973 a DC Comics passou a administrar o herói, ainda com o imbróglio do nome Capitão Marvel e uns outros heróis soltos como Mary Marvel e toda uma “Família Marvel”. Entre 1973-1978 foram publicadas revistas bimestrais com vários problemas, o nome não era mais Capitão Marvel, pois esse nome era propriedade da Marvel Comics, com heróis que viviam ã margem da editora, foram colocados em uma “Terra S” para não competirem com a Liga da Justiça, por exemplo. Desse jeito td fica fadado ao fracasso, nem o nome pode usar…

Ficou uns 2 anos no limbo, transitando em histórias quebradas em varias revistas sem continuidade até que a Crise nas Infinitas Terras trouxe a proposta de trazer Shazam de volta ao mundo DC, mas só em 1994 foi lançada a revista “Power of Shazam!”, sem as vendas esperadas é claro q ficou só na série mesmo.

capitao-marvel-reino-do-amaha

Em 1996 Alex Ross e Mark Waid trouxeram Shazam para um novo nível, mais um dos que conseguem quebrar o Superman na porrada, sim… esse é o potencial dele. Deixando o Superman de joelhos.

Potencial ninguém duvida que ele tem, carisma tbm, riqueza de universo tbm, infinitas possibilidades com certeza.mas pq não deu certo?

3 – E deu ruim: Sim, não teve jeito, hj Shazam é um personagem adjunto adverbial de tempo, um simples ser sem importância no universo DC, apesar de anúncio de filme com The Rock como Adão Negro a gente esperava mais da DC, mas eles sabem como ninguém tomar decisões que nos deixam decepcionados…

O que a DC está fazendo pra levantar seu personagem?

shazam-novos-52

Trazendo ele pros Novos 52, certo? Sim, mas do jeito errado, sem a menor relevância.

shazam-injustice

Colocando ele em jogos? Sim, mas sem relevância tbm.

Sabe o que parece? Um escárnio com os fãs, não me incluo neles, sou um entusiasta do Shazam pq sei o poder que ele teria.

the-rock-black-adam

O que nos resta? Torcer pra DC fazer um bom filme pelo menos, mas sinceramente duvido… considerando o histórico da DC em fazer filmes a gente fica com um pé atrás, tem tudo pra ser bom mas…

Resumo?

Deu ruim essa ideia e processar a Fawcett, gastar uma grana e tempo, trazer pra editora heróis que não se encaixam com nada, deixar em outra terra, trazer pra mesma terra, colocar nas animações, histórias, games, trocar nome, tudo isso pra não dar relevância ao personagem. Aí é onde fica ruim pra eles.

Que a DC não deixe essa oportunidade de lado, torço pra um Shazam tipo o do Reino do Amanhã, não igual ao último que eu li, o de Convergência…

Fontes:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Capit%C3%A3o_Marvel_(DC_Comics)

Biblioteca pessoal

Memórias