Mulher Maravilha – Hiketeia

capa

Sabemos que a Mulher Maravilha é absoluta em suas decisões, uma guerreira nata e experiente, uma verdadeira força da natureza… O que aconteceria se ela tivesse que enfrentar um experiente combatente, maior detetive do universo DC, sombrio e decidido, sim, o Batman! Essa é a ideia dessa sensacional história. Vamos conversar um pouco sobre ela:

Publicada em Janeiro de 2003 pela Panini já em formato um pouquinho maior que o americano tradicional em papel LWC e capa cartonada com preço de capa de R$ 7,50 (barato até na época), com 100 belas páginas desenhadas por um J G Jones inspirado e escrita por Greg Rucka de maneira sublime. Sim, essa é uma obra obrigatória para todo o fã da Mulher Maravilha e do Batman.

greg rucka

Greg Rucka

J.G.Jones

J. G. Jones

No início já somos apresentados para o que é o ritual Hiketeia e as fúrias. Conhecemos seus ritos e consequências.

Logo depois vemos a Danielle cometendo um assassinato e perseguida pelo Batman. Ela foge e vemos logo depois a Mulher Maravilha em suas obrigações nas Nações Unidas e a Danielle aparece pra ela e se sujeita ao ritual Hiketeia, a Diana aceita-a e também sabe que está obrigada a cumprir todos os detalhes do ritual, sendo observada de perto pelas fúrias que só ela consegue ver.

hketeia2

Ela é visitada pelo Batman q só consegue conversar com a Diana e logo é expulso de lá, dizendo que vai voltar.

O clima dessa HQ inteiro é o Batman tentando atingir uma Mulher Maravilha muito mais preparada e poderosa que ele, tanto física quanto psicologicamente. O Batman é literalmente humilhado por Diana algumas vezes nesta história.

Danielle consegue conquistar a confiança de Diana e trabalha com ela na ONU como sua secretária. Danielle conta os motivos que a levaram a cometer o assassinato, mesmo não sendo obrigada a isso.

Um ponto alto da história é quando o Batman se sujeita à Hiketeia na esperança de assim poder prender Danielle, Diana o rejeita e ainda dá uma lição de moral nele.

hiketeia 4hiketeia 3

A única maneira de se livrar da Hiketeia é com a morte de um ou dos dois envolvidos, e em um sacrifício final Danielle se mata e livra Diana deste fardo.

Ver Batman sem ação, sendo humilhado, se sujeitando a ser escravo da Mulher Maravilha e ainda não consegue é a melhor parte da história.

Eu particularmente adorei a história e recomendo a todos, é uma leitura rápida, que te deixa curioso a cada pagina que ler.

Fora que nessa revista nós podemos ver o poder e a sabedoria de Diana de uma maneira diferente que estamos acostumados a ver. E gente por favor, (sei que já falei disso, mas…), ver o Batman se humilhando e apanhando muito da Mulher Maravilha, não é uma coisa que vemos todos os dias.

Uma história bem contada e explicada. Mas já vou logo avisando quando tem Mulher Maravilha na história, sempre há um pouco de mitologia e nessa revista nós temos isso muito fortemente, mas a revista não deixa escapar um ponto sequer, ela explica tudo direitinho para você não ter uma dúvida sequer.

Então…  Se você tiver a oportunidade de ler essa revista leia!